Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 1 de agosto de 2003

Ontem, dia 31/07/2003, um doido pulou de uma aeronave a 30.000 pés de altura, aproximadamente 9.000 metros de altitude, na vertical do canal da mancha em Londes, com uma asinha nas costas construída de fibra-de-seilaoque, com a intenção de planar até a outra margem do laguinho, que é mais ou menos 32 km de distância. Sua façanha em uma queda controlada foi realizada com sucesso, e ele “pousou” na outra margem com o auxilio de um para quedas.

No início do século passado um outro doido construiu um aparelho com asas um pouco maiores de aparência toda desengonçada, colocou um motor e hélice na parte traseira, acelerou, decolou e voou uns bons metros. Hoje ele é chamado por nós brasileiros como o pai da aviação e seu trombolho voador foi chamado por nosso pai de 14-bis.

Seriam os doidos que trazem, então, o progresso para esta humanidade desumana?

Nenhum comentário: